Monday, 23 September 2013

Agosto, de sabores, cores ou amores?

Pois o Agosto já se foi... O final do verão , como se diz , pois nos últimos anos o verão continua e por muito mais tempo .... Delicia :)

Este mês para mim teve um pedaço de tudo e um pedaço do nada; sempre gosto de partilhar o que passou comigo, em mim, e sem mim em cada mês de vida que ainda tenho. ( nunca sabemos o dia de amanhã , só Deus!) 

O sol brilhou, brilhou e brilhou, os pássaros cantaram, as árvores secaram, as flores sorriam, os animais tais como a vaca, o cavalo, o cisne, as cabras passearam pelos verdes , relaxaram e podia -se sentir a sua alegria. Sem deixar as abelhas de parte. 
Tive momentos únicos com a natureza, agarrei na minha câmera e disfrutei-a com os animais. Foi tão bom, a natureza , os animais fazem-me bem, dão -me asas! 

A música , a música essa faz parte de mim todos os dias, todos os meses, reconheço que hoje em dia já tenho momentos que quero escutá-la mas não em altos berros, pois quando mais jovem parecia que só assim sabia bem, mas hoje até no volume 1 encaixa direitinho.

E falando de música, conheci , escutei e até vou ver se consigo inserir aqui , a música , ela é delicada tal como aquilo que cada um de nós temos de especial , temos de delicado, suave, gostei imenso , gosto de escutar, ainda não dei muito ouvido à letra mas a melodia leva-me... 
Eu e a música, one love!

Voltando ao agosto, já passou e foi de muitas mais experiências, como, duas semanas eu e você! 
Que experiência boa! 
Foram muitos sorrisos, poucas horas de sono bem merecidas, programas a dois, almoços, jantares, esta experiência teve uma grande influência no meu ser. Aprendi e guardo bem no meu coração , mente, e atitude que se ama o próximo sem espera de retorno, pois aí encontra-se o grande guerreiro da luz, o vencedor do qual não passa por cima de nada nem ninguém. 
Cada vez tenho a certeza que nunca me enganei a mim mesma até hoje quando digo "que deixo solto o que amo" pois amo sem condição nenhuma, sem poder algum para impor alguma condição, norma, regra ou outra coisa qualquer que queiras pensar, não vale a pena assim. 
Se regressar, demorando o que tiver que demorar, volta... Sem duvida...

Não adianta pensar que o tempo foi perdido, pois quando esse tempo passa , a gente aprende, como eu aprendi...

Obrigado Papai por mais um  lindo mês em minha vida!

o link da minha música que falo em cima, espero que gostes ;)

Yola Tatiana Bastos 







No comments:

Post a Comment